Estudante cristão que desarmou atirador de Seattle é aclamado como herói - Jovem Focado

Post Top Ad

Coloque sua empresa aqui

Estudante cristão que desarmou atirador de Seattle é aclamado como herói

Compartilhar

Um estudante cristão está sendo aclamado como herói por ter desarmando na última semana um atirador que cometia um atentado no campus da universidade Seattle Pacific, no estado norte americano de Washington. Jon Meis, de 22 anos, usou spray de pimenta para conter o atirador Aaron Ybarra, de 26 anos, quando ele entrava em um dos salões da universidade.

No momento em que foi parado pelo estudante, Ybarra já havia atacado outros estudantes, e suas ações no campus universitário resultaram em um morto e três feridos, tragédia que só não foi maior por causa da ação de Jon Meis.

Meis, que é monitor escolar, estava sentado atrás de uma mesa no átrio do edifício quando o suspeito entrou no local. Ybarra tria parado para recarregar sua arma, quando o jovem o pulverizou com spray de pimenta e o abordou imobilizando-o chão. Outros alunos e professores, em seguida, correram para ajuda Meis segurando o atirador até a chegada da polícia.
Heroísmo e fé

De acordo como The Christian Post, apesar de Meis e sua família não comentarem o ocorrido, amigos e testemunhas oculares do tiroteio descreveram Meis como um “herói” cujos esforços deram fim ao que poderia ter sido uma tragédia muito maior na universidade Seattle Pacific.

- Estou orgulhoso das ações altruístas que o meu companheiro de quarto, Jon Meis, mostrou hoje ao derrubar o atirador – afirmou o estudante Matt Garcia pelo Twitter na quinta feira.

- Ele é um herói – resumiu Garcia.

Andrew Van Ness, que afirma ter sido companheiro de quarto Meis nos últimos quatro anos, afirmou à CNN por e-mail que ele não ficou surpreso ao saber que seu amigo tinha sido o herói do dia.

- Eu não fiquei surpreso ao ver que ele era o herói, a sua desenvoltura, seu amor ao próximo e conhecimento do bem maior é o que o define, em minha mente – disse o estudante.

Melissa Engstrom, amiga da família de Meis, disse ao The Seattle Times que o jovem é marcado por sua profunda fé cristã e sua família unida. Ela acrescentou que vê a “fé de Meis em Jesus Cristo e sua disposição de se sacrificar pelos outros” como as principais razões por trás de seu ato heroico.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, mas não mente.

Post Bottom Ad

Coloque sua empresa aqui